Bahia volta a empatar com o Vitória e deixa o G-4 do Campeonato Baiano

Mesmo atuando na Arena Fonte Nova repleta de tricolores e com um jogador a mais uma parte do segundo tempo após expulsão de Edcarlos, o Esporte Clube Bahia novamente decepcionou no segundo clássico BA-VI da temporada e deixou o campo sob vaias da torcida amargando um novo empate, agora sem gols. O resultado acabou sendo um “negoção” para o Vitória, principalmente pelas circunstâncias do jogo na etapa final, e apesar de não quebrar o TABU que aumentou para 12 jogos, o Leão aguerrido se mantém na frente do Bahia na tabela de classificação do Campeonato Baiano e ainda retira o rival do G-4 restando apenas uma rodada para o término da primeira fase.

Um primeiro tempo completamente diferente daquele do primeiro clássico do ano, quando o Bahia dominou amplamente as ações e foi para o intervalo aplaudido e vencendo com gol de Gilberto. Dessa vez, os jogadores deixaram o campo na etapa inicial sob vaias da torcida. A única chance clara pelo aconteceu aos 9 minutos, com Artur perdendo cara a cara com Ronaldo que no rebote também pegou chute de Nino Paraíba. O Vitória, por sua vez, teve o controle da partida em alguns momentos, e tentou em chutes de longe, mas pouco ameaçou. A melhor oportunidade foi em cabeçada de Neto Baiano aos 14 minutos.

Com Flávio no lugar de Nílton (que passou mal no vestiário), o Bahia voltou para o segundo tempo mais incisivo e encurralando o Vitória que aos 21 minutos perdeu o zagueiro Edcarlos expulso de forma direta após derrubar Gilberto em chance clara de gol. Mesmo com a superioridade numérica, o Esquadrão não conseguiu furar o bloqueio rubro-negro e não saiu do 0 a 0, se complicando no Campeonato Baiano. Nos minutos finais, o Tricolor ainda teve o zagueiro Jackson expulso após fazer falta e tomar o segundo amarelo e o Leão quase marcou com Wesley parando no travessão.

PRÓXIMOS JOGOS:
O Bahia volta à campo na quarta-feira (13) para enfrentar o Sergipe, às 19h30, na Arena Fonte Nova, pela sexta rodada da Copa do Nordeste. Depois, no domingo encara o Jequié, no Waldomiro Borges, pela última rodada do Baianão, precisando vencer e torcer contra os quatro primeiros colocados para conseguir a classificação para as semifinais. Já o Vitória visita na quinta-feira (14) o Confiança-SE, às 21h30, pela Copa do Nordeste. No domingo, recebe no Barradão o Fluminense de Feira, pelo Campeonato Baiano.

FICHA TÉCNICA

BAHIA 0 X 0 VITÓRIA
Campeonato Baiano (8ª rodada) – 10/03/2019
Arena Fonte Nova, Salvador-BA
Público pagante: 35.452
Público total: 35.691
Renda: R$ 849,484,00

Arbitragem: Diego Pombo Lopez (árbitro principal); Alessandro Álvaro Rocha de Matos e Elicarlos Franco de Oliveira (Assistentes 1 e 2).

Expulsões: Edcarlos (Vitória) e Jackson (Bahia)

BAHIA: Douglas, Nino Paraíba, Jackson, Lucas Fonseca e Moisés; Nilton (Flávio) e Douglas Augusto (Caíque); Shaylon (Guilherme), Ramires e Artur; Gilberto. Técnico Enderson Moreira.

VITÓRIA: Ronaldo, Jeferson, Ramon, Edcarlos e Juninho; Leandro Vilela (Yago), Wesley Dias e Matheus Rocha; Andrigo, Erick (Thales) e Neto Baiano (Léo Ceará). Técnico: Marcelo Chamusca.

 

Fonte: Futebol Bahiano