Churrasco com nove pessoas espalha Covid-19 em Pintadas

Um churrasco realizado no final de maio para comemorar o aniversário de uma jovem em Pintadas, centro-norte da Bahia, foi a origem de um surto de covid-19 na cidade. Segundo a investigação feita pelo município, todos os nove participantes da festa se contaminaram com o coronavírus e o transmitiram para, pelo menos, outras 20 pessoas. A informação é do jornal Correio.

O primeiro infectado identificado entre os que estavam presentes na celebração foi o enfermeiro Antonio Marcos, 40 anos, que mora em Salvador, mas trabalha para a prefeitura de Pintadas há dois anos. Ele afirmou ter avisado imediatamente à vigilância epidemiológica do município sobre a realização do churrasco, que aconteceu na noite do dia 29 de maio, uma sexta-feira.

Um dia depois, ele começou a ter os sintomas da Covid-19 e disse ter entrado em isolamento desde então. “Eu não estava indo mais para o trabalho, pois ia ser transferido de setor. Por isso, aceitei o convite de um amigo para participar do aniversário”, disse.

A participação do enfermeiro na festa logo se tornou pública em toda a cidade, o que levou Marcos a gravar um vídeo pedindo desculpas à população. “Não só como ser humano, mas também como profissional da saúde, eu errei em participar dessa festa. Assumo meu erro e venho pedir perdão publicamente”, disse. Nas imagens, ele ainda alerta à população para que não faça festas durante a pandemia.

O prefeito de Pintadas, João Batista, conhecido como Batista da Farmácia (DEM), informou que afastou o funcionário. “Ele pede para voltar quando sarar, mas a gente não vai permitir, pois a população reagiu ao acontecido. Só que, até então, ele sempre tinha uma postura profissional e responsável. Nós erramos, todos temos o direito de errar. Mas, nesse período, errar é complicado. Além de ser prefeito, eu sou técnico de enfermagem e bem sei como temos que dar o exemplo”, afirmou ao Correio. 

No total, a cidade tem 31 infectados pelo vírus, sendo 29 relacionados ao evento. Para conter a propagação da doença, o prefeito decretou o lockdown no município desde o dia 13 de junho até o próximo dia 21, além de proibir a venda de bebidas alcoólicas.

Metro 1/ Foto : Divulgação / Prefeitura de Pintadas