Guto Ferreira e Hernane são campeões pernambucanos pelo Sport

Sport-PE e Náutico decidiram hoje à tarde Ilha do Retiro o título de Campeão Pernambucano No primeiro jogo, TIMBU foi derrotado pelo Sport pelo placar de 1 x 0 dentro do Estádio dos Aflitos. Já neste domingo em jogo realizado agora na Ilha do Retiro, o TIMBU saiu atrás do placar, porém, reagiu e acabou vencendo pelo placar de 2 x 1 de virada. Desta forma, como o placar agregado de 2 x 2 a decisão foi levada para os pênaltis. E deu Rubro-Negro que venceu pelo placar de 4 x 3, para alegria do técnico Guto Ferreira que conquista seu primeiro título na passagem pelo Leão.

Mailson pega dois nos pênaltis e Sport levanta o 42º caneco do Pernambucano de sua história (Foto: Anderson Stevens/Sport)

Este foi o 42º conquistado pelo Sport-PE que continua sendo maior vencedor no estado de Pernambuco. Wallace, batendo e convertendo penalidade máxima abriu o placar para o Sport-PE. Diego Silva descontou para o Náutico. O centroavante Hernane, com passagem pelo Bahia, foi expulso juntamente com o lateral Suelinton após se desentenderem. O Brocador deixou o campo aos prantos.

 

A última fez que o Náutico venceu o Sport-PE em uma final aconteceu no já distante ano de 1968 quando conquistou hexacampeonato em cima do Leão. Desde então, foram nove confrontos, todos vencidos pelo Rubro-negro. Este ano, Sport manteve a hegemonia.

Agora o Náutico se dedica suas atenções para as semifinais da Copa do Nordeste quando enfrenta o Fortaleza na próxima quinta-feira no Estádio dos Aflitos. Já o Sport, agora campeão estréia no Campeonato Brasileiro da Série B enfrentando o OESTE na próxima sexta-feira.

 

Futebol Bahiano