Jacaraci, Licínio de Almeida, Caculé e Novo Horizonte são destaques no Ideb na Bahia

A educação municipal de Jacaraci, no Sudoeste Baiano, é a melhor da Bahia na 8ªsérie/9º ano, ao levar em conta os resultados do Ideb. A região, inclusive, concentra três das cinco cidades com o melhor desempenho nesse item. O Ideb é um indicador de qualidade educacional e as notas dos estados e municípios e das redes (federal, estadual ou municipal) foram divulgadas nesta terça-feira (15).

O Ideb combina informações de desempenho dos estudantes em exames padronizados (Prova Brasil ou Saeb) com foco nas etapas finais de ensino fundamental e 3ª série do ensino médio).

Com 14,8 mil habitantes, Jacaraci obteve nota 6,3, a maior na rede municipal em todo estado em 2019 e superior a meta projetada para o ano que era de 5,8. No ano anterior, 2017, Jacaraci obteve 5,5.

O movimento de melhora no desempenho foi observado nas cinco cidades com os maiores Idebs no ensino municipal na 8ªsérie/9º ano. A segunda posição no ranking foi Licínio de Almeida, que saltou de 6,0 em 2017 para os atuais 6,3. A meta projetada era de 4,6 para o município do Sudoeste do estado com 12,3 mil habitantes.

A lista segue com Novo Horizonte e seu Ideb 6,0, e cuja meta para esse ano era de 5,0. O município da Chapada Diamantina superou também a nota estimada para 2021, de 5,2.

Piripá, com seus 10,7 mil habitantes e também no Sudoeste baiano tem a quarta melhor nota no ensino municipal na 8ªsérie/9º ano. A cidade alcançou os 5,3 no Ideb em 2019. Em 2017 a nota era de 4,7.

Em seguida aparece uma representante do Sertão Produtivo, Caculé tem a 5ª melhor nota: 5,2.

Na outra ponta dessa lista, os municípios com os menores indicadores de qualidade de ensino no âmbito municipal no último ano do ensino fundamental dois ficaram com notas na casa dos 2,0. São eles: Santanópolis 2,7; Cansanção que repete os 2,7; Andorinha com 2,6; Ipecaetá 2,5 e o último é Antônio Cardoso com nota 2,3.

MELHORES E PIORES INDICADORES NA 4ª SÉRIE/5º ANO

Licínio de Almeida também se destaca entre os municípios baianos com os melhores desempenhos no indicador de qualidade educacional na 4ªsérie/5º ano. Nessa etapa a cidade fica na primeira posição com uma nota 7,3. Em 2017 o município alcançou os 6,8. A nota é bem superior a meta estipulada para 2019 (5,6) e também 2021 (5,9). Desde 2007 a cidade fica com nota maior que a meta.

Itatim é a segunda colocada nesse item, mesmo com um Ideb menor que o alcançado no levantamento de 2017. A cidade do Piemonte do Paraguaçu teve índice 6.9 (antes 7,1).

Caculé e Novo Horizonte também são municípios que aparecem entre as melhores notas nas duas etapas finais de ensino fundamental. Na 4ªsérie/5º ano as duas cidades alcançaram a mesma nota: 6,6.

Quem fecha a lista positiva é Piatã, cidade da Chapada Diamantina. O município de 17,1 mil habitantes também obteve nota 6,6. No levantamento anterior o Ideb de lá era de 5,9.

Entre os indicadores mais baixos estão: Nova Canaã com 3,6; Esplanada com 3,5; Itambém 3,4; e Aratuípe e Aporá com Ideb 3,3.