Maranhense, pai de santo Bita do Barão morre em Teresina

Morreu, no início da tarde desta quinta-feira (18), o mestre Bita do Barão. O Pai de Santo estava internado em um hospital particular de Teresina após sofrer graves problemas de saúde. A causa da morte não foi divulgada. 

Wilson Nonato de Souza, o Bita do Barão, tinha 108 anos de idade, segundo a família. Considerado um dos pais de Santo mais influentes do País, Bita era natural de Codó (MA) e ganhou fama nacionalmente ao atender em seu terreiro personalidades políticas. 

A morte de Bita foi confirmada ao Cidadeverde.com pelo coordenador dos Movimentos do Terreiros do Piauí, Pai Rondinele Santos. Ele esteve com Bita do Barão na manhã de hoje e disse que o pai de Santo já estava muito debilitado. 

Ontem a família do umbandista tentou levar Bita, mesmo muito doente, até Codó (MA) para que amigos, familiares e admiradores pudessem se despedir dele. No entanto, o hospital particular de Teresina não autorizou a transferência.

O Pai Rondinele Santos lamenta a morte de Bita e diz que o religioso deixa um legado para as religiões de matrizes africanas. “É uma grande perda. Mestre Bita era uma grande referência, não só no Piauí, mas em todo Brasil. Ele ajudava muita gente,  ajudou a construir Codó e tornar a cidade uma referência. Era um grande amigo, parceiro, conciliador, professor. Lutou muito pela vida.  Deixa um legado muito importante, é uma lenda para o nosso povo, de superação de vida. Para nós era um grande guerreiro”, disse Rondinele Santos. 

Ainda não há informações sobre o translado do corpo de Bita do Barão para Codó. Caravanas de pais e mães de Santo do Piauí irão acompanhar o trajeto em ônibus. 

Izabella Pimentel
redacao@cidadeverde.com