Morre aos 74 anos o crítico de cinema Rubens Ewald Filho

O crítico de cinema e jornalista Rubens Ewald Filho morreu na tarde desta quarta-feira (18) aos 74 anos, segundo informação da revista Veja. 

Ewald Filho estava internado desde 23 de maio no Hospital Samaritano, em São Paulo, depois que desmaiou e levou uma queda em uma escada rolante. A causa da queda foi uma arritmia cardíaca, segundo Marta Giovanelli, assistente do jornalista.

O jornalista era considerado o maior nome da crítica de cinema do país. Nascido em Santos, desde criança gostava de anotar em um caderninho todos os filmes que assistia, incluindo a ficha técnica com diretor e elenco.

Ele começou a carreira escrevendo para o jornal A Tribuna, da sua cidade natal. Passou ainda por Jornal da Tade e O Estado de S. Paulo, além de colaborar com a Veja, entre outras publicações. 

O crítico dizia ter assistido a mais de 37 mil filmes. Ewald já comentou diversas edições do Oscar, na Globo e no TNT. Também já atuou como roteirista de novelas como Gina, Éramos Seis, Drácula, Uma História de Amor e Iaiá Garcia, entre outras. Participou como ator de filmes como como Independência ou Morte e Amor Estranho Amor.

 

Da Redação

redacao@correio24horas.com.br