Novo técnico do Vitória tem um currículo curto e sem feitos importantes

O Esporte Clube Vitória de forma rápida já anunciou o paranaense Cláudio Tencati para assumir o posto deixado por Marcelo Chamusca, demitido na tarde de segunda-feira, após uma sequência de resultados negativos que gerou como consequência, as eliminações da Copa do Brasil diante do Moto CLUBE e a não classificação para as semifinais do Campeonato Baiano. Tencati será responsável para conclusão da Copa do Nordeste e na sequência, iniciar a temporada de retorno para o Campeonato Brasileiro da Série A. Será dureza.

O treinador se encaixa perfeitamente dentro da nova realidade financeira do clube. Com um currículo curto e ainda pobre, o treinador não registra feitos importantes dentro de campo, além de ostentar a condição do técnico mais longevo em um clube do futebol brasileiro. Foram mais de 230 jogos comandando o Londrina. Foram sete anos e o título de campeão em 2017 da Primeira Liga.

CURRÍCULO

O paranaense é graduado em Educação Física e assim com uma grande maioria dos técnico iniciou sua carreira atuando como preparador físico, auxiliar técnico e treinador nas categorias de base do Cianorte Futebol Clube e na sequência assumiu o time profissional. Também foi treinador do Atlético Clube Paranavaí e Iraty Sport Club

Em 2018, foi contratado pelo Atlético Goianiense mantendo o vínculo com o clube até outubro no mesmo ano. Tencati deixou o Atlético-GO com 42 jogos, obtendo 16 vitórias, 13 empates e 13 derrotas. Foi demitido após ficar cinco partidas sem vencer.

TÍTULOS

Copa da Primeira Liga: 2017
Campeonato Paranaense: 2014
Campeonato do Interior Paranaense: 2013, 2015, 2016 e 2017
Campeonato Paranaense Série B: 2011

ACESSOS

Brasil Série D: 2014 (terceiro colocado e promovido)
Brasil Série C: 2015 (vice-campeão e promovido)

 

Fonte: Futebol Bahiano