Vigilância Epidemiológica registra 41 casos notificados de Dengue em Santa Terezinha

No mês de fevereiro o Levantamento Rápido de Índices para Aedes aegypti (LIRAa), identificou que o município não possuía risco de infestação do mosquito. Até esta segunda-feira, 08, a Vigilância Epidemiológica Municipal (VIEP), já notificou 41 casos de dengue e 24 de Chikungunya.

O material coletado para exame aguarda resultado do Laboratório Central de Saúde Pública (LACEN). O mosquito aedes aegypti é vetor do vírus da zika, dengue e chikungunya, doenças que podem causar complicações graves ao paciente, com agravamento do quadro clínico pode levar a morte.

Segundo o Instituto Oswaldo Cruz (Fiocruz), cerca de 80% dos focos do mosquito são de origem doméstica. O combate eficiente contra o mosquito Aedes aegypti continua sendo a eliminação dos criadouros.

Durante as visitas domiciliares os agentes de combate a endemias encontram larvas do mosquito em plantas, ralos do banheiro e até mesmo nos reservatórios da geladeira (parte traseira). Neste período de chuvas intensas, a proliferação do mosquito aedes aegypti aumenta drasticamente. Os cuidados domiciliares e com a água parada devem ser redobrados pela população.

ASCOM