Com moral, Dionísio, Miller e Thiaguinho são apresentados pelo Vitória

Eles chegam com a moral de quem acabou de erguer uma taça. Dionísio, Miller e Thiaguinho alcançaram a primeira meta da temporada no último domingo (10), quando comemoraram o título baiano com o Atlético de Alagoinhas, e já estão focados em outro objetivo, de conquistar o acesso com o Vitória. O trio vai reforçar o rubro-negro na Série C do Brasileiro.

Já em ritmo de jogo, eles só precisam ser regularizados para ficarem à disposição do técnico Geninho. Após derrota na estreia contra o Remo, o Leão vai fazer a primeira partida em casa no sábado (16), às 20h30, diante do Floresta-CE, no Barradão.

“O sistema de jogo é quase o mesmo e a gente chega para ajudar a equipe. Como a gente está à disposição, viemos para agregar e colocar o Vitória onde ele não devia ter saído”, projetou Miller.

“Acredito muito no nosso espírito de nunca desistir. É o que nos levou a conquistar o Campeonato Baiano. A gente chega para agregar, para somar e fazer um grande trabalho aqui. Estamos dispostos a dar o nosso melhor dentro de campo e corresponder a todas as expectativas que estão sendo criadas com a nossa chegada”, completou Thiaguinho.

Vice-artilheiro do Campeonato Baiano, com cinco gols, um deles anotado na final contra o Jacuipense, Thiaguinho foi o último a acertar com o Vitória. O atacante tem 28 anos e já defendeu times como Bahia de Feira, Icasa e Coruripe. “Eu fui revelado pelo Juazeiro, rodei por vários clubes de menor expressão e, graças a Deus, hoje vou defender o Vitória. Jogar em um clube com esse tamanho é algo que muitos jogadores desejam. É um sonho realizado. Trabalhei muito para estar aqui e espero responder da melhor maneira possível”, vislumbrou.

Thiaguinho é ponta, mas se colocou às ordens para atuar em qualquer função com a camisa vermelha e preta. “Posso jogar em qualquer posição que me colocarem. Hoje eu atuo mais pela beirada, mas posso atuar pelo meio também. Sempre fiz mais essas funções. Eu tento agregar da melhor forma possível, independente da posição que me colocarem”, disse. “Estou disposto até a ir para o gol se precisar. Tento ajudar em qualquer função, tento agregar sempre. Seja com gol, com assistência, na parte defensiva. Quero ajudar”, reforçou.

Da esquerda para a direita, Dionísio, Miller e Thiaguinho, novos reforços do Vitória

Da esquerda para a direita, Dionísio, Miller e Thiaguinho, novos reforços do Vitória (VICTOR FERREIRA / ECV)

Os meias Miller e Dionísio já estavam com pré-contrato assinado com o Vitória desde o mês passado. Destaques da meiuca do Atlético de Alagoinhas no estadual, eles jogam juntos desde criança e apostam no entrosamento para conquistarem espaço no rubro-negro.

“Desde pequeno, a gente vem jogando junto. Ele demorou um pouco para ir para o profissional, mas ainda bem que veio a tempo”, contou Dionísio. “É bom estar realizando esse sonho ao lado dele, porque só a gente sabe o quanto batalhou, o quanto lutou para estar neste momento agora. A gente espera desfrutar da melhor maneira possível”, completou o meia de 27 anos, que começou a carreira o Vitória da Conquista e também atuou em times como Atlético Tubarão, Bahia de Feira e Jacobina.

Com 29 anos, Miller é o mais velho dos três e foi o artilheiro do Baianão ao anotar seis gols. Com a experiência de quem já jogou também no Bahia de Feira e Botafogo-BA, ele acredita que a energia de campeão que estão levando para a Toca pelo título com o Atlético de Alagoinhas vai ser benéfica ao elenco do Vitória.

“Uma energia positiva. É o nosso lema. No Atlético a gente passou por várias dificuldades, mas não afetou em nada nossa alegria, nossa resenha dentro de campo. A gente sempre acreditou que ia vencer. É claro que nem sempre é possível, mas nada abala nossa confiança, nosso trabalho. Nos bastidores é onde tudo acontece. Durante a semana, durante os treinos, a gente faz com que no jogo ocorra tudo bem. É isso que a gente espera trazer para cá”, projetou o meia.

 

Correio 24H


There is no ads to display, Please add some