Nubank perde US$ 28,3 bilhões em valor de mercado

á chega a US$ 28,3 bilhões – aproximadamente R$ 159,9 bilhões – a perda de valor de mercado da Nubank. O banco digital faz sua IPO – oferta inicial de ações, na sigla em inglês- na segunda quinzena de dezembro, na bolsa de valores de Nova Iorque (Nyse).

Os acionistas cortaram o preço de mercado da empresa de US$ 70 bilhões (R$ 395,5 bilhões) para US$ 41,7 ( R$ 235,6 bilhões).O preço-alvo por ação passou de US$ 10 e US$ 11 dólares para US$ 8 a US$ 9.

Entre as razões para a redução está a desidratação dos papeis na área de tecnologia, que deixaram de viver seu melhor momento com a expectativa de que a autoridade monetária dos Estados Unidos, o Federal Reserve, praticamente confirma a elevação dos juros a partir de 2022. Soma-se a isso a preocupação com a nova variante da Covid-19, a ômicron.

A Nasdaq, a bolsa americana de tecnologia, saiu dos 9 mil pontos em fevereiro de 2020 para ultrapassar os 16 mil pontos em novembro de 2021, mas agora vêm caindo e nesta sexta-feira (3) oscilava abaixo dos 15 mil pontos.

Analistas financeiros também apontavam que a avaliação do Nubank estava exagerada. Criada com o mote de oferecer conta corrente e outros serviços gratuitos, o Nubank atraiu mais de 40 milhões de clientes. Entre eles, estão pessoas antes excluídas do sistema financeiro brasileiro.

O desafio está em conseguir rentabilizar esta base de clientes gigantesca.A primeira etapa da empresa foi angariar clientes e a segunda foi começar a monetizá-los por meio da oferta de crédito pessoal. Até que, mais recentemente, a empresa comprou a corretora digital Easynvest para oferecer soluções de investimento.

Fonte: Veja


There is no ads to display, Please add some